quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Dilma, lifftings e sucessões....


Não adianta... Essa semana, apesar de todas os acontecimentos importantes acontecendo no Brasil e no mundo, os canais de mídia brasileiros viveram seu momento coletivo de coluna social.

Isso porque Dilma Roussef, Ministra-chefe da Casa Civil fez um "liffting facial", acompanhado de um novo corte de cabelo, mais moderno e com uma coloração mais viva.

Dilma "repagina" o visual, já pensando em 2010 e na sucessão presidencial, para a qual a candidata de Lula apresenta-se como favorita na disputa.

Minha opinião sobre isso? Dilma está certíssima. E o esparro que está sendo feito é só pelo fato de ser a Dilma, sempre tão séria. Talvez as pessoas confundissem o ar austero e grave da ministra como algo que vem desacompanhado da vaidade positiva, aquela que nos impulsiona a melhorar sempre mais, tanto no campo ético como no estético.

É preciso cuidar da ética (do grego, ethos, a maneira como organizamos "moralmente" o lugar em que vivemos, tem também o sentido de casa, lar e está ligado a forma como a administramos), mas também da estética (do grego,aisthésis, a ciência da percepção, das sensações, que estuda o belo e a arte).

Na condução de uma, não precisa (nem deve) haver detrimento da outra. Dilma, ex-secretária de Minas e Energia do governo de Olívio Dutra no RS, ex-ministra de Lula em pasta análoga e, hoje, Ministra-chefe da Casa Civil, mulher forte do governo federal, já havia, durante sua história, demonstrado todas as suas qualidades com relação ao comportamento ético, o cuidado do ethos de todos nós que é o Brasil.

Agora, Dilma demonstra publicamente que o cuidado ético não significou abandono ao cuidado estético.

2 comentários:

___Psiquê___ disse...

Obrigada pelo comentário! Sua visão de mundo "cor-de-rosa" é interessante...*rs*. Gostei do seu blog, muito bem escrito. Concordo com vc em relação a Dilma. Esse é o problema do nosso país, desviar o foco de assuntos realmente importantes. Bjo

14 de janeiro de 2009 14:36
Isabela disse...

É, vide o próprio Lula... assim que começou a vestir uns ternos italianos o Ibope dele subiu, hehehe.

Boa sorte pra Dilma aí! Se ganhar, espero que o seu governo corresponda à aparência! :)

14 de janeiro de 2009 19:00

Postar um comentário